terceirização de data center

Fonte: Belden, 21/12/2017
Tradução Livre

Data centers são ambientes críticos que devem se adequar enquanto as empresas continuarem a crescer, mais usuários se juntarem às redes e mais tecnologias forem usadas para automatizar processos. Maiores capacidades de largura de banda, medidas de segurança adequadas e velocidades de dados compatíveis devem estar em constante evolução suportando crescentes necessidades do negócio.

Dar escalabilidade ao seu data center a uma taxa que acompanhe a evolução da empresa – enquanto mantém os custos operacionais sob controle – pode ser um desafio. Então, quando é um bom momento para considerar investir em serviços de terceiros para data centers? Embora apenas você possa responder a essa pergunta, existem alguns sinais reveladores que podem indicar que é hora de pensar sobre terceirização. Você está passando por algum desses?

1) O crescimento da empresa é um alvo em movimento

Se você não tem certeza do que esperar em termos de crescimento da empresa – ou se você antecipar muito crescimento em um curto período de tempo – a escolha por um provedor de data center pode ser benéfico.

A terceirização do data center permite que você pague o mínimo necessário ou o espaço que você precisa – e essas mudanças geralmente podem ser feitas sempre que necessárias. Você não precisa se preocupar manter espaços adequados para os equipamentos, construir ou reformar seu data center. Quando a organização cresce, seu provedor de data center deve ter os recursos para ajudá-lo a escalar rapidamente.

2) O tempo de inatividade tem sido um problema

Muitos provedores terceirizados fornecem (e garantem) níveis de disponibilidade ou tempo de atividade em seus acordos de nível de serviços (SLAs). Isso pode ser um alívio para os gerentes de data centers que podem vir a lidar com tempo de inatividade inesperados (ou planejados).

Você não terá mais que se preocupar com a operação do data center, equipamentos que venham a ter o status de downtime – ou o que fazer quando isso acontecer. Alguém estará monitorando e gerenciando seus sistemas para evitar que aconteçam paradas não planejadas. Se um evento de inatividade acontecer, haverá técnicos qualificados no local para solucionar o problema imediatamente.

3) Sua equipe de TI está no limite

Sabendo que alguém está monitorando e gerenciando seus sistemas 24 horas por dia, 7 dias por semana, e pode abordar um problema imediatamente quando requerer atenção, ajuda a a tirar a pressão da equipe de TI.

Você pode reorientar sua equipe para se esforçar em iniciativas estratégicas e explorar novas tecnologias em vez de se preocupar e trabalhar em modo reativo abordando problemas do data center à medida que surgem. Você e sua equipe de TI terão de entrar em contato com o provedor de serviços do data center, é claro, mas terão mais tempo para gastar em tarefas mais estratégicas.

4) Segurança e conformidade são desafios

Você pode optar por trabalhar com provedores de data centers terceirizados que atendam aos requisitos rigorosos estabelecidos por normas internacionais de segurança e conformidade. Isso pode tirar o estresse de sua equipe para garantir que equipamentos e tecnologia atendam a esses requisitos. Seu provedor saberá sobre as últimas mudanças e atualizações para esses requisitos mantendo seus sistemas de data centers atualizados.

5) A recuperação de desastres não está bem planejada

Provedores de data centers terceirizados têm planos para atuar rapidamente quando os sistemas de TI precisam ser recuperados. A equipe conhece na palma da mão a arquitetura de hardware existente, e procedimentos para fazer backup das informações que você considera importantes serão sempre realizados a tempo.

6) O seu data centers não está recebendo a atenção que precisa

Seu data center pode receber mais atenção de um provedor externo. Gerentes de data centers corporativos têm diversas preocupações sobre o funcionamento de um DC para dominar e podem não ter experiência em certas áreas.

O único foco de um provedor de serviços de data centers de terceiros é monitorar e gerenciar os ambientes dos data centers dos inquilinos. Muitas vezes, seus membros da equipe estão melhor treinados e equipados para lidar com a complexa combinação de tecnologia em uso hoje.

Outros fatores importantes a serem considerados ao terceirizar um data center

Há outras considerações para refletir também. Por exemplo, trabalhar com um provedor de data center de terceiros pode significar que você tem menos controle sobre os recursos do data center. Também é importante notar que, dependendo do seu SLA, outros inquilinos podem estar compartilhando recursos com você (servidores, por exemplo) – isso pode criar problemas de segurança que precisam ser monitorados.

Apesar de ser uma tendência, nem sempre terceirizar um data center é a melhor opção.  É necessário avaliar criteriosamente vários aspectos para tomar a decisão correta. Afinal, cada caso é um caso!